Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

No comando: BENEDITO CAETANO – BRASIL SERTANEJO

Das 8:00 as 10:00

neizinho
No comando: NEIZINHO ROBERTO – Brasil Caboclo

Das 05:30 as 07:00

centenarionoticias
No comando: CENTENÁRIO NOTÍCIAS

Das 07:00 as 08:50

No comando: CELSO CARLOS e PARDAL – Saudade Jovem

Das 07:00 as 09:00

Bruno
No comando: BRUNO BAPTISTA – As Mais Mais da Centenário

Das 08:50 as 12:00

No comando: CELSO CARLOS e CLÉIA REGINA – Balancê

Das 10:30 as 12:20

flash1
No comando: FLASH NEWS 1º EDIÇÃO

Das 11:00 as 11:15

lourdes
No comando: LOURDES FORTE – Gospel Mix

Das 12:00 as 13:00

BRUNO PORTO
No comando: BRUNO PORTO – Show da Tarde

Das 13:00 as 15:00

flash2
No comando: FLASH NEWS 2º EDIÇÃO

Das 15:00 as 15:15

Julio Bueno
No comando: JULIO BUENO – Revista Musical

Das 15:15 as 17:20

No comando: PAULINHO RIBEIRO – CIRCUITO DE RODEIO

Das 16:00 as 19:00

dilsinho2
No comando: DILSINHO CARMANHANI – Viola Viva

Das 17:20 as 19:00

Voz do Brasil
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

No comando: VINÍCIUS e AUGUSTO

Das 20:00 as 21:30

nardao
No comando: REGINALDO FERNANDES – Interligados

Das 20:00 as 22:00

celsinho
No comando: CELSINHO TABATINGA – Batidão Sertanejo

Das 20:00 as 22:00

NBA terá 108 jogadores estrangeiros e recorde de 42 países representados.

Compartilhe:
NBA

Todos as 30 franquias inscreveram pelo menos um jogador que não é natural dos EUA; pelo quarto ano consecutivo, Canadá é o país mais representado

A NBA, liga de basquete dos Estados Unidos, anunciou nesta terça-feira, dia em que a bola sobe pela primeira vez oficialmente, que 108 jogadores  estrangeiros em um recorde de 42 países e territórios, estão inscritos para a temporada 2017/2018. Pelo quarto ano consecutivo, a liga apresenta mais de 100 atletas internacionais e todas as 30 franquias possuem em seus elencos pelo menos um jogador que veio de fora.

O recorde de número de atletas (113) e de nações representadas (41) até então  havia sido estabelecido antes do início da última temporada (2016/2017). No começo desta nova temporada, as equipes da NBA poderão assinar com até dois jogadores considerados ‘two-way’, ou seja, atletas que atuarão também na NBA G-League, aumentando para 17 o número de atletas por time (esse jogadores poderão competir pelas equipes afiliadas por até 45 dias).

O país com mais representantes na noite de abertura pelo quarto ano consecutivo será o Canadá, com 11, seguido pela França (10), Austrália (oito) e Espanha (sete), além de Brasil, Croácia, Alemanha, Sérvia e Turquia (cinco cada). A primeira rodada também apresenta um recorde de jogadores europeus (64).

O Toronto Raptors e o Utah Jazz possuem sete atletas internacionais (cada). Já Boston Celtics, Dallas Mavericks, Philadelphia 76ers e San Antonio Spurs, apresentam seis (cada). Denver Nuggets, New York Knicks e Orlando Magic, cinco (cada).

A 72ª temporada da NBA começa com uma rodada dupla de peso. No jogo de abertura, o atual vice-campeão Cleveland Cavaliers recebe o Boston Celtics no reencontro das finais da Conferência Leste às 22h (horário de Brasília). Em seguida, o Houston Rockets visita o campeão Golden State Warriors, às 0h30min desta quarta-feira, dia 18.

Vários jogadores internacionais devem fazer suas estreias na NBA na primeira semana da temporada 2017-2018, são eles:

– Lauri Markkanen – Chicago Bulls (Finlândia / participou do ‘Basketball Without Borders’ 2015 e 2014 e foi escolhido na sétima posição no Draft 2017 – enfrenta o Toronto Raptors no dia 19)
– Frank Ntilikina – New York Knicks (França / participou do ‘Basketball Without Borders’ 2016 e 2015 e foi escolhido na oitava posição no Draft 2017 – enfrenta o Oklahoma City Thunder no dia 19)
– Zhou Qi – Houston Rockets (China / foi escolhido na 43ª posição do Draft 2016 – enfrenta o Golden State Warriors na madrugada desta quarta-feira, dia 18)
– Ben Simmons – Philadelphia 76ers (Austrália / foi a primeira escolha do Draft 2016 – enfrenta o Washington Wizards na noite desta terça-feira, dia 18)
– Milos Teodosic – Los Angeles Clippers (Sérvia / participou do ‘Basketball Without Borders’ 2001 e eleito o ‘Melhor Jogador Internacional’ a não atuar na NBA em 2016-2017 – enfrenta o Los Angeles Lakers no dia 19)

Fonte: Esporte – iG @ http://esporte.ig.com.br/basquete/2017-10-17/nba-estrangeiros-recorde-paises.html

 

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook